CategoriasJustiça

Justiça do Brasil está em penúltimo lugar no quesito imparcialidade

Um levantamento realizado pelo World Justice Project para avaliação do Estado de Direito em 139 países e jurisdições, primeiro desde o começo da pandemia da covid-19, mostra que o Brasil vai muito mal: estamos na penúltima posição no que se refere a um sistema criminal imparcial, ou seja, estamos na posição 138º, a frente apenas de ninguém mais, ninguém que a Venezuela, última colocada.

Justiça Criminal

No ranking global sobre a Justiça Criminal, o Brasil está na posição 112º, atrás do Paquistão (108º); Serra Leoa (100º) e Nigéria (83º). A pesquisa avaliou sete medidores, posicionando os países em cada um deles. Veja o desempenho do Brasil:

  • O sistema de investigação criminal é eficaz? Brasil está na posição 117º
  • O sistema de adjudicação criminal é oportuno e eficaz? Brasil está na posição 133º
  • O sistema correcional é eficaz na redução do comportamento criminoso? Brasil está na posição 131º
  • O sistema criminal é imparcial? Brasil está na posição 138º
  • O sistema criminal está livre de corrupção? Brasil está na posição 66º
  • O sistema criminal está livre de influência governamental imprópria? Brasil está na posição 50º
  • O país segue o devido processo da lei e direitos do acusado? Brasil está na posição 119º

 Outros fatores

  • Além da Justiça Criminal, o levantamento também avaliou outros fatores, tais como Restrições aos Poderes Governamentais; Ausência de Corrupção; Governo Aberto; Direitos Fundamentais; Ordem e Segurança; Cumprimento Regulatório e Justiça Civil.
  • A pontuação geral do Estado de Direito no Brasil sofreu uma redução de 2,9% no índice. Posicionado no 77º lugar de 139 países e jurisdições em todo o mundo, o Brasil caiu três posições na classificação global. A pontuação do Brasil o coloca na 16ª de 32 países na região da América Latina e Caribe e em 20º lugar de 40 entre os países de renda média alta.

Sobre o World Justice Project: o World Justice Project WJP é uma organização independente e multidisciplinar que trabalha para a criação de conhecimento, conscientização e estímulo de ações para o avanço do estado de direito em todo o mundo. O estado de direito eficaz reduz a corrupção, combate à pobreza e as doenças e protege as pessoas de pequenas e grandes injustiças. Ela sustenta o desenvolvimento, um governo responsável e o respeito pelos direitos fundamentais, e é a base para comunidades de justiça, oportunidade e paz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *